25/05/2015 Destaque_________________________________

VEREADOR VAGNIR BARBOSA-S.D. (LIU), encaminha expediente junto à Direção, Docentes e servidores da Escola Estadual Professora Idalina de Farias
Pedro Henry (PP) lidera o ranking dos mais faltosos entre os parlamentares de Mato Grosso

VEREADOR E 1º. SECRETÁRIO DA MESA DIRETORA VAGNIR BARBOSA-S.D. (LIU), encaminhou expediente junto à Direção, Docentes e servidores da Escola Estadual Professora Idalina de Farias, requerendo que promova em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito-Detran/MT, uma plano de atividades extra sala de forma orientativa e educativa da utilização correta pelos alunos dos sinais de trânsito existentes em frente e próximo a referida Unidade de Ensino. Durante sua explanação na Tribuna da Câmara, o Vereador Liu esclareceu que esta sugestão é no sentido de desenvolver o espírito cultural em nossos alunos de forma correta da utilização de sinais trânsito, pois presenciamos ainda alguns alunos que no momento da saída da Escola, principalmente em horário de término das aulas estão utilizam de forma incorreta e inadequada a travessia da Av. principal que fica em frente a referida instituição de ensino, causando perigo tanto a motoristas quanto a pedestre que trafegam nessa localidade, não utilizando com atenção a passarela de faixas de pedestres. Seria mais uma forma de conscientização a Comunidade Escolar, ponderou o Vereador. O requerimento nº. 010/2016, obteve aprovação unânime dos membros do Parlamento Municipal e será encaminhado aos órgãos competentes para conhecimento e providências de praxe. Nesta mesma Sessão do dia 25 de maio recebemos a presença de vários alunos e professores que participaram da referida reunião, onde no final da Sessão o Senhor Presidente Mariano Gomes abriu um tempo de espaço à Professora Eliane (BIA), para que explanasse sobre o Projeto em que os mesmos estão desenvolvendo junto aos alunos sobre a participação e conhecimento dos sistema Político Brasileiro, envolvendo os 03 Poderes constituídos, Executivo, Legislativo e Judiciário.

 

Voltar a Página Anterior